Se Elfs
Untitled Document Untitled Document

 


Siga o Se Elfs no Twitter

Participe Da comunidade

Hd do Se Elfs Clik na Imagen



Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 118 em Qui 1 Abr 2010 - 20:38
Últimos assuntos
» [DOWNLOAD]Varios temas com menus flash aqui
Dom 7 Jul 2013 - 17:55 por maufeitor

» [Symbian]Anrufen (MMORPG)
Qua 8 Maio 2013 - 15:36 por mateusdault

» DROS, o MS-DOS para seu celular.
Qui 28 Mar 2013 - 20:45 por anthony nob

» Corrigir o erro "FALHA NA OPERAÇÃO"
Qui 21 Fev 2013 - 11:16 por joskern

» Seja bem vindo e apresente-se aqui.
Qui 21 Fev 2013 - 11:07 por joskern

» Coloque seu Desktop aqui
Ter 15 Jan 2013 - 11:52 por Daann™

» [PS2]-The GodFather
Qui 10 Jan 2013 - 13:38 por Marcos henrique

» 10 Fontes para TURBINAR seu celular
Sab 1 Dez 2012 - 21:31 por Deolino12

» [Donwload]S40 Theme Studio 2.2 (Criador de Temas para Nokia)
Qui 9 Ago 2012 - 10:18 por AdrianKing

» [TEMAS] Temas 128x160
Ter 17 Jul 2012 - 3:11 por doughimovic

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de [ELF] Sony Ericsson ELFs em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de Se Elfs™ O Maior Fórum de ELF´s para Celulares Sony Ericsson em seu site de social bookmarking

Status

Criando Brushes No Photoshop CS3

Ir em baixo

Criando Brushes No Photoshop CS3

Mensagem por Seelfs em Seg 9 Nov 2009 - 22:14

Esse Tuto E Bem LegalZinho E Pode Ajudar Muitas Pessoas!!



Entao Vamos Lá:




1 - Entendo um pouco do conceito do Brush:




Um Brush é como um pincel/escova, existe vários formatos diferenciados
para dar um determinado "efeito" específico, geralmente isto é usado
para fins artísticos(ou não) para realizar efeitos mais apropriados à
cada trabalho. O Photoshop "simula" esse conceito de pincéis e por este
motivo temos diversos formatos de Brushes disponíveis, que certamente
não estão ali por acaso e podem ser usados como achar necessário. Por
ex.: “carimbos” na imagem, ou também para ter um formato de pincel na
hora de fazer uma arte, ou assinaturas entre diversos outros fins de
arte digitais que acredito ir além. Vejamos alguns exemplos de formatos
de pinceis e brushes na imagem 1 e 2 logo a seguir.










No lado direito da imagem 2, você tem algumas opções de formatos de
Brushes já existentes. Você pode criar novos e carregar esse brushes
nessa lista.


No menu esquerdo você tem opção de configurar cada pincel (brush). Mas,
darei o foco nesse tutorial de como criar o brush. Deixarei para
abordar esse tema de configuração numa próxima oportunidade.




2 - Criando novo documento:




Abra o Photoshop CS3 e crie um novo documento. Você poderá usar outras versões anteriores do Photoshop o conceito é o mesmo.




"File > New…". Atalho, (Ctrl + N).




Para este exemplo criei 200 x 200 pixels. Você pode colocar qualquer
valor de altura e largura. No nosso caso queremos criar um "alvo" esse
valor é o suficiente pra este brush.




O ideal é pensar no tamanho que será seu brush antes de criá-lo. Assim,
você poderá usá-lo com uma qualidade melhor evitando perder definição
ou detalhes quando for reduzí-lo ou ampliá-lo o formato do brush. Nada
impede você de criar um brush no tamanho que quiser.




3 - Criando uma arte para o Brush:




Dica:


Para uma melhor organização, é interessante termos o hábito de criarmos
sempre uma nova camada (Layer). É melhor para editar a imagem caso
necessário, não interferindo nas outras imagens.




Crie uma nova camada (Layer) e dê o nome de "brush"(pode ser qualquer
nome), é nela que criaremos nossa "arte" para ser um novo brush.


Clicando no icone "Create a new layer" da aba "Layer" como mostra na imagem 3, você pode criar uma nova camada.


Ou utilizar o atalho New layer: (Ctrl + Shift + N), irá abrir uma
janela pequena da "New layer", basta dar o nome desejado e confirmar.




Caso não esteja aberta sua janela de "Layers"(camadas). Para visualizar acesse o menu "Window > Layers". Atalho (F7).




Selecione a camada "brush" e faça a arte que você quiser transformar em
um brush. Mesmo ele sendo colorido(pode ser fotos também) quando
transformado em brush no final ele será como uma cor "monocromática"
com variações de tons da cor selecionada. Você perceberá isso mais
adiante.


Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 487x258.


4 - Selecionando a imagem criada:




Agora vem a "mágica". Precisamos selecionar somente a nossa arte que
será o novo brush antes de transformar em um brush propriamente dito.
Ou seja, neste caso a área branca(que está na camada inferior, não será
usado como brush (por isto criamos uma nova camada para o brush).




Para selecionar a imagem, clique na ferramenta "Magic Wand Toll", atalho (W)




Agora, existe um método de selecionar toda a área útil do documento em uma determinada Layer.


Caso você utilize uma arte que ocupe o tamanho do documento inteiro,
como por exemplo, uma foto geralmente tem um formato "quadrado". Você
pode selecionar da seguinte maneira:




Com a Layer da imagem selecionada, use a tecla de atalho (Ctrl + A) Ou
acessar pelo Menu: "Select > All", que irá selecionar todas a área
útil do documento. Isso para selecionar todo documento, se for um
“pedaço” quadrado específico, terá que fazer manualmente com a
ferramenta “Rectangular Marquee Toll”, atalho (M);




Obs: Toda ação de edição irá ser válida somente para camada selecionada.




Para retirar uma seleção use a tecla de atalho (Ctrl + D) ou clique
apenas uma vez sobre a imagem com a ferramenta "Magic Wand Toll",
atalho (W).


Ou se preferir pelo Menu: "Select > Deselect" (Ctrl + D)




Mas, se deseja selecionar apenas o símbolo em si criado, e não toda a área do documento. Faça o seguinte:


Conforme a imagem 6 (logo abaixo), precisamos somente do símbolo criado que já está em uma camada separada chamada "brush".


Ao invés de selecionarmos a imagem "na mão", que pode ser demorado dependendo do caso.


Pressione a tecla “Ctrl” e mantenha pressionado o “Ctrl” e em seguida
clique com o botão esquerdo do mouse exatamente sobre o ícone da Layer.
Obs.: Não é pra clicar na "Layer", mas sim no ícone mesmo (onde está a
área em verde claro na imagem 6). Isso fará com que a imagem seja
selecionada somente a área útil. Ou seja, apenas o símbolo da
layer"brush".


Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 488x260.


4.1 - Configurando menu "Magic Wand Toll" (varinha mágica):




Uma outra maneira mais comum de selecionarmos uma área de objeto, é
utilizarmos a famosa "varinha mágica" "Magic Wand Toll", atalho (W) que
terá a mesma finalidade da imagem 6 (acima). Com ela você pode
configurar a seleção pelo menu da ferramanta "Magic Wand Toll" como
mostra na imagem abaixo:




Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 587x126.




Obs: No menu da "Magic Wand Toll"(varinha mágica) temos algumas opções de configuração desta ferramenta por este menu.




Separei por cores na imagem acima para facilitar na explicação de cada
item. Na área selecionada na cor verde da imagem acima, é referente à
funcionalidade da ferramenta de seleção.


Temos 4 opções, na ordem da imagem, da esquerda pra direita, podemos:
“Selecionar”, “Adicionar seleção”, “Subtrair seleção” ou “Cortar
seleção” de uma imagem, a qual você pode selecionar cada opção para um
determinado fim. Ou ainda se preferir, utilizar os "atalhos" que
agilizam e muito o processo de seleção (que veremos logo a seguir).




- Tolerance (Tolerância), que está marcado na imagem acima com cor vermelha, funciona da seguinte maneira:


Quanto maior for o número adicionado, maior também será a área de
seleção feita pela "Magic Wand Toll". Ou seja, adicionando mais pixels
que tenham outras “tonalidades da cor” da área que você cliclou. “Pega”
pontos mais semelhantes. Quanto menor o número inserido, mais
"restrito" ficará a área de seleção de uma determinada área que foi
clicada.




- Anti-alias(Anti-serrilhamento) se estiver marcado, suaviza as bordas de uma imagem.


Se desmarcado esta opção fica aspecto de serrilhado (sem suavização),
com "cortes secos" sem mistrura na cor de um ou mais pixels.


Na verdade esse efeito "cria uma ilusão", se reparar toda imagem final
para usuário em tela(monitor) é baseada em pixels, mesmo sendo um
vetor, a tela mostra o resultado em pixels, conjunto de pontos até
formar toda imagem.


Este efeito Anti-alias nada mais é que uma "mistura" de tons com ou sem
transparência(alpha) de uma cor de um determinado pixel" mesclando com
outra cor de um outro pixel mais próximo.(aí minha cabeça).


Ficou confuso!? Calma, que no começo isso pode confundir mesmo.


Em outras palavras: o Anti-alias "simula um degradê" de uma determinada
cor para outra, deixando a imagem com aspecto mais "Liso", "suave", sem
parecer que passaram um "serrote" naquela imagem.


Um Ex.: Os famosos desenho no estilo "Pixel Arts"(arte de utilizar
pixels), geralmente não utilizam Anti-alias automático. Ou podem fazer
esse efeito Anti-alias manualmente(isso mesmo, pixel á pixel) para
poder ter um resultado mais satisfatório.




- Contiguous (Contíguas, o que está próximo), marcado na imagem do menu acima em cor azul. Se estiver desmarcada, você tem opção de selecionar mais pixels próximos
da mesma cor ou tonalidade da área que foi clicada. Se marcada,
seleciona apenas uma área específica da mesma cor. Tendo assim, que
adicionar seleção manualmente em outras áreas que desejar.




- Sample All Layers, se marcado você consegue selecionar outras imagens
que estão em outras Layers. Se desmarcada está opção, apenas
conseguimos selecionar a layer atual que estamos trabalhando. Por
padrão normalmente essta opção já está desmarcada.




E o botão "Refine Edge…"(Refina Borda) serve para definir configurações
da seleção que foi feita. Mas, não falarei sobre detalhes "Refine edge"
neste tópico.




No nosso caso, apenas defini no menu a Tolerance com Nº 0 (zero),
marquei a opção de Anti-alias para suavizar as bordas, em Contiguous
deixei desmarcado para podermos selecionar mais pixels da imagem que
tenham a mesma cor selecionada e por ultimo, mantive a opção Sample All
Layers desmarcada para não corrermos o risco de selecionar outra imagem
de uma outra Layer.




4.2 - Atalhos da ferramenta "Magic Wand Toll":




Depois de configurar pelo menu a ferramenta "Magic Wand Toll". Se
preferir, você também pode utilizar os atalhos que agilizam seu
trabalho com a mesma finalidade de utilizar o menu de configurações ou
de ferramentas(Tolls):




Com a ferramenta "Magic Wand Toll", atalho (W) selecionada podemos além de apenas selecionar uma área:


"Adicionar" uma seleção mantendo pressionada a tecla "Shift" e clicando na área desejada;


"Subtrair" uma parte da seleção mantendo pressionada apenas a tecla "Alt" e clicando na área que queira retirar uma seleção;


"Cortar" uma parte de uma seleção já existente, mantendo pressionadas as teclas "Shift + Alt".




Dica: Você pode perceber que a maioria das ferramentas existe opções de
configuração nesse topo(menu), ou você poderá utilizar atalhos para
algumas opções. Com tempo e prática você começa perceber e conhecer a facilidade de utilizar os atalhos.




4.3 - Detalhes de uma Seleção:




Apriveitando o "gancho" desse tema sobre "seleção de imagem", vou
mostrar agora um metodo de pós seleção, manipular essa seleção da
imagem que acabamos de fazer.


Repere que no nosso caso, a imagem fica selecionada bem próximo
ao contorno e isso pode "cortar" em volta alguns pixels que talvez seja
importante em algum momento. Consequentemente pode dar um aspecto
"serrilhado" ou ainda tirar uma detalhe da borda da imagem que seja
fundamental pra sua arte.


Isso é, caso você quiser mais detalhes na borda da imagem selecionada
umas das maneiras de resolver isso é, aumentarmos a área de seleção que
deve ficar algo parecido como na imagem 7 (logo abaixo).




Com a seleção ainda marcada, podemos também "suvizar" com a opção
"Smooth", ou fazer uma borda escolhendo "Border", aumentar a seleção
com "Expand", diminuir com "Contratct", ou ainda "suvizar" com
"Feather" efeito parecido com "Smooth". Pra isso, antes devemos
selecionar uma área conforme a imagem 6 (acima) ou a maneira que você
achar mais útil.


Como no nosso caso, queremos aumentar uma seleção e se você também quiser fazer o mesmo.


Acesse o menu:




"Select > Modify > Expand".




Irá abrir uma janela "Expand Selection", nela você poderá colocar o
número de pixels que desejar ou achar necessário aumentar. Assim que
você confirmar a seleção aumenta.


No nosso caso, 1 pixel foi o suficiente para "pegar" a seleção de
outros pixels na borda da imagem. Isso é apenas um meio de aumentar a
seleção, você pode precisar em algum momento disso. Está opção de
Modify, só habilita se estiver uma área de seleção ativa.




Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 527x376.


Ufa! Você com certeza se leu até aqui, percebeu que existe vários meios
de selecionar e manipular imagens. Claro que não para por aí, existe
outros métodos. Você mesmo pode descobrir com tempo o melhor jeito de
trabalhar com seleção, vai de cada necessidade ou preferência e prática de cada um. Seleção feita e definida. Vamos adiante!




5 - Transformando imagem em um novo Brush:




Aqui considero a parte mais importante e também a mais fácil pra criação do brush.




Temos a imagem criada em uma Layer separada pra facilitar na sua
seleção de imagem. Já temos esta mesma imagem selecionada e agora
podemos definir essa imagem como um novo brush.




Com a imagem selecionada, sertifica-se que esteja na camada da imagem e em seguida acesse o menu:


"Edit > Define Brush Preset…"




Irá abrir uma janela "Brush Name".


Nela você verá a nossa imagem selecionada anteriormente como numero
"127 px” referente ao tamanho "natural" do brush em "pixels" este
número pode variar de acordo com o tamanho da imagem que você criar,
depois você poderá alterar a dimensões na hora de usá-lo.


Repare também que a imagem fica com cor em "escala de cinza" e você
poderá usar com outras cores, mas em tons da mesma cor escolhida e não
diversas cores ao mesmo tempo.




Antes de criamos podemos dar o nome que quisermos para esse brush. Dê o nome de sua preferência. Feito isso, clique em "OK".


Pronto! Temos um brush criado.


Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 523x170.


Simples. Não é?!




Agora para visualizar seu brush criado, temos que acessar a janela "Brushes". Acesse o menu:


"Window > Brushes".


Atalho (F5).




Para habilitar os brush já existentes e assim poder selecioná-lo
individualmente, você deve selecionar a ferramenta "Brush Toll" ou
"Pencil Toll", atalho (B). Depois de selecionado basta escolher a cor,
tamanho e aplicar conforme achar necessário algo como a imagem 9 (logo
abaixo).


Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 621x573.


Se você quiser deletar/apagar e fazer outro brush, ainda com a janela
"Brushes" aberta, vá até o brush que você quer apagar ou renomear,
clique com botão direito do mouse exatamente sobre o brush e selecionar
a opção "Delete Brush" ou caso queira apenas renomear, basta fazer o
mesmo procedimento e escolha "Rename Brushes" em seguida confirma o
novo nome.




Atenção: Você pode apagar os outros brush, ele já estão salvos, menos
os que acabamos de criar, todos os novos brushes criados permanecem lá
mesmo se você fechar o programa photoshop e abrir novamente eles ainda
permanecem na lista atual. Mas, se você apagar algum que você criu, ou
carregar outra lista no lugar sem antes salvar, você pode correr risco
de perder os novos.




Os Brushes tem uma extensão de arquivo: ".abr"(Brushes) e pode ser
salvos por este motivo. Também podemos importá-los ou divulgá-los para
outros como arquivos. Inclusive a sua lista com novos Brushes criada
por você, caso esteja salva antes. Antes de salvar veremos como poder
gerenciar sua lista.




6 - Gerenciamento de lista de Brushes.




Caso sua lista começa ficar muita grande e você deseja organizar isso
antes de salvar. Para isso, devemos abrir o painel de gerenciamento
para os Brushes, chamada de "Preset manager".




Abra a janela de Brushes (atalho F5).




Clique no pequeno menu que está localizado bem no canto superior direito da janela de Brushes.


Irá surgir uma lista de opções, escolha: "Preset manager". Como mostra na imagem 11 a seguir.


Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 500x301.


Irá abrir uma painel contento sua lista de brush.


Nos botões ao lado direito deste painel, podemos carregar novas
listas(Load…), salvar(Save set…), renomear(Rename…) ou apagar(Delete).
Após ter definido sua ilsta, basta clicar no botão Done Como mostra na
imagem 12 a seguir.


Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 500x344.


7 - Salvando a lista de Brushes:




Para salvar sua lista de brushes faça o seguinte:




Clique no menu superior direito da janela "Brushes" (F5), existe alguns opções, mas as importantes nesse momento são estas:




- "Reset Brushes…" -> Renicia a configuração padrão de brushes.


- "Load Brushes…" -> Carrega outra lista de brushes somando com uma lista já aberta.


- "Save Brushes…" -> Aqui salva sua lista de brush.


- "Replace Brushes" - > Apenas altera a lista de brushes atual por uma nova.




Para salvar sua lista, acesse: "Save Brushes…".


Esta imagem foi redimensionada. Clique na barra para ver esta imagem maior. O tamanho da imagem original é 548x344.


Irá abrir uma janela onde devemos colocar o nome do seu brush e salvar
como um arquivo normal. A diferença que esse arquivo será com extensão
de Brush que é (.abr).


Automaticamente esse arquivo ficará com extensão de arquivo Brush
".abr" (Brush) Ex.: “meuBrushes.abr”. O Photoshop salva a lista inteira
que estiver aberta naquele momento e não somente um brush específico.
Então neste caso, você pode "deletar" os que você não achar
interessante e deixar apenas os que você deseja formar uma nova lista
de brushes.


Caso queira econtrar outras listas de Brushes que o Photoshop oferece.
Se você utiliza plataforma Windows, poderá encontrar esses arquivos de
Brushes algo parecido com este endereço no “Explorer” do Windows:
C:\Arquivos de programas\Adobe\Adobe Photoshop CS3\Presets\Brushes




Pronto! Agora você tem seu arquivo de brush salvo e pode usá-lo
novamente. Para carregar a lista novamente, basta fazer "Load Brushes…"
no menu da janela "Brushes" informado na imagem 11(acima) e carregar o arquivo no local salvo.


Se quiser compartilhar esse arquivo, você só precisa divulgar o mesmo
arquivo com extensão ".abr" onde contem a lista dos seus "Brushes".


Assim como artigo anterior sobre Brushes para Photoshop CS3 FREE Gratis feito pelo Felipe Al.
avatar
Seelfs
Moderador
Moderador

Modelo do Celular w760

Pontos: : 6473
Agradecimentos : 41
Humor ¬¬
Comentários Não estou muito ativo no fórum.
País de Origem : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criando Brushes No Photoshop CS3

Mensagem por Administrador em Ter 10 Nov 2009 - 11:43

up vo testar depois do dow
avatar
Administrador
Administrador
Administrador

Modelo do Celular W610 R6BC002

Pontos: : 5932
Agradecimentos : 11
Humor Alegre
Comentários Administrador Geral
Dono da Seelfs e da Comunidade no Orkut
País de Origem : Brasil
SOTW´S SOTW´S : 1 Ouro 1 Bronze

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum